+ Populares

Aviso


18 setembro 2011

Doenças desencadeadas ou agravadas pela Obesidade

Vários estudos mostram que a obesidade está associada com diversas doenças. Um texto escrito pela Dra. Maria Edna de Melo, responsável científica pelo site da ABESO, apontam as principais doenças desencadeadas ou agravadas pela obesidade.

Vários estudos têm demonstrado que a obesidade está fortemente associada a um risco maior de desfechos, sejam cardiovasculares, câncer ou mortalidade. No estudo National Health and Nutrition Examination Study III (NHANES III), que envolveu mais de 16 mil participantes, a obesidade foi associada a um aumento da prevalência de diabetes tipo 2 (DM2), doença da vesícula biliar, doença arterial coronariana (DAC), hipertensão arterial sistêmica (HAS), osteoartrose (OA) e de dislipidemia. Resultados de outros estudos, entre eles o Survey of Health, Ageing and Retirement in Europe (SHARE) e o Swedish Obese Study (SOS), apontam para uma forte associação entre obesidade e a prevalência de doenças associadas e queixas de saúde física.
A obesidade é causa de incapacidade funcional, de redução da qualidade de vida, redução da expectativa de vida e aumento da mortalidade. Condições crônicas, como doença renal, osteoartrose, câncer, DM2, apneia do sono, doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA), HAS e, mais importante, DCV, estão diretamente relacionadas com incapacidade funcional e com a obesidade. Além disso, muitas dessas comorbidades também estão diretamente associadas à DCV. Muitos estudos epidemiológicos têm confirmado que a perda de peso leva à melhora dessas doenças, reduzindo os fatores de risco e a mortalidade.
  1. Síndrome metabólica
  2. Doenças respiratórias
  3. Doenças do trato digestório
  4. Doenças Psiquiátricas
  5. Neoplasias
  6. Osteoartrose
  7. Impacto na mortalidade
  8. Outras doenças
Para conhecer o texto da Dra. Maria Edna de Melo na íntegra, clique aqui. (PDF)

Nenhum comentário:

Hotwords

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Seguidores