+ Populares

Aviso


28 julho 2010

Fatores psicossociais e percepções sobre a saúde no pais e filhos que estão com sobrepeso ou obesos

Este artigo foi publicado na Revista Obesity

Tipo: Artigo Original

Resumo:
Este estudo analisou as relações entre o status do peso (IMC), as percepções de saúde e características psicossociais de crianças, pais e duplas criança-mãe. Participaram da amostra 114 duplas. Todas as crianças estavam com sobrepeso ou obesos. Pais e filhos completaram questionários por auto-relato ou entrevista. Questionários incluíram o índice de estresse-Short Form Parenting (PSI), Estágio de Mudança dos Pai (SOC) Questionário e da Qualidade de Vida Pediatric Inventory (PedsQL). A média de idade das crianças foi  de 10,34 anos (dp = 1,87), IMC médio foi de 28,13 kg / m2 (dp = 5,46) e média de IMC z-score foi 2,17 (dp = 0,38). A idade média das mães foi 37,28 anos (DP = 12,66) e a média do IMC foi de 34,07 kg / m2 (dp = 8,18). A maioria das mães (68,5%) relataram que elas e seus filhos (70,7%) eram Africano-americanos e muitos (44,3%) relataram que elas e seus filhos eram latino-americanos. Correlações significativas foram: percepção da saúde infantil e IMC (r = 0,309, P < 0,001) e percepção dos pais de peso e IMC dos pais (r = 0,691, P < 0,001). Para as duplas criança-mãe, uma correlação aproximou significância,saúde da criança e as percepções dos pais fase de mudança,  (r = -0,269, P < 0,01). Os resultados sugerem que as características da duplas criança-mãe podem ser considerações importantes no manejo da obesidade infantil.

Referência: Margaret E. O'Neil, Patricia A. Shewokis, Kathleen K. Falkenstein, Cynthia W. DeLago, Sinclair A. Smith, Nicole A. Vaughn e Tracy E. Costigan. Psychosocial Factors and Health Perceptions in Parents and Children Who Are Overweight or Obese. Obesity 18, 1558-1565 (August 2010)

Nenhum comentário:

Hotwords

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Seguidores