+ Populares

Aviso


03 novembro 2009

Diabetes e Exercício

Essa foi a postagem do blog Fique INforma na campanha de postagem coletiva pelo Dia Nacional de combate à obesidade
 

O Diabetes é uma das doenças associadas à obesidade e é causada de duas maneiras: pela alteração na produção do hormônio insulina pelo pâncreas (diabetes tipo 1 ou insulino dependente) ou por uma resistência do organismo à ação desse hormônio (diabetes tipo 2 ou insulino resistente).

Efeitos do exercício nos indivíduos com Diabetes tipo 1
O exercício tem a capacidade de promover a hipoglicemia que pode durar de horas até dias após o término dos mesmo. Essa é uma resposta metabólica normal, mas que dependendo do estado do indivíduo no momento da prática (em condições de deficiência ou excesso de insulina) pode melhorar ou não o controle da glicemia. Por essa razão há controvérsias na prescrição de exercícios para pessoas com Diabetes tipo 1. O que se tem certeza é da importância do monitoramento constante da glicemia que irá derterminar as estratégias que deverão ser adotadas para promover o ajuste dos valores permitindo a participação segura no programa de exercícios.
Efeitos do exercício nos indivíduos com Diabetes tipo 2
Os obesos geralmente desenvolvem esse tipo de diabetes. No tipo 2 dificilmente o exercício gera hipo ou hiperglicemia e por isso é altamente recomendado. A prática frequente de exercícios estimula a produção de insulina, aumenta a sensibilidade celular à insulina, aumenta a capacidade de captação de glicose pelo músculo.

Cuidados na prescrição de exercícios para diabéticos

  • Controle da freqûência cardíaca, pois há maior risco de desenvolver doenças coronarianas, além de poder apresentar valores alterados devido à neuropatia
  • Monitorar a glicose antes, durante e depois do exercício.
  • Ficar atento aos sinais de hipoglecemia – tremores, nervosismo (ansiedade), sudação e cefaleias.
  • Atenção aos pés, principalmente nos casos conhecidos de neuropatia periférica
  • Evitar o exercício com glicose acima de 300mg/dl
  • Evitar o exercício durante os picos de insulina
  • Evitar exercícios de alta intensidade e alto impacto em indivíduos com neuropatia e retinopatia
Frequência: 5 à 7 dias por semana

Duração: 20 à 60 minutos

Intensidade:

  • Diabetes Tipo I: 40% ~ 85% VO2 Reserva ou FC Reserva / 55% ~ 90% FC máxima
  • Diabetes Tipo II: 40%~ 70% VO2 Reserva ou FC Reserva / 55% ~ 80% FC máx.
Modalidade: exercício aeróbio e treino de resistência muscular.

Nenhum comentário:

Hotwords

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Seguidores