+ Populares

Aviso


16 novembro 2009

Combate à Obesidade

Essa foi a postagem do blog Sem Neuras na campanha de postagem coletiva pelo Dia Nacional de combate à obesidade
A obesidade é o maior problema de saúde da atualidade e atinge indivíduos de todas as classes sociais e constitui um estado de má nutrição em decorrência de um distúrbio no balanceamento dos nutrientes e tem relação com o sedentarismo, a disponibilidade atual de alimentos, erros alimentares e pelo próprio ritmo desenfreado da vida atual.


Existe hoje uma unanimidade entre os médicos para se considerar a obesidade como uma doença. E o que é pior: uma doença crônica e incurável. Como a gordura precisa ser estocada no organismo, todo obeso tem um aumento do número de células adiposas (obesidade hiperplástica) ou um aumento do peso das células adiposas (obesidade hipertrófica) ou uma combinação das duas coisas.

Esse é um dos fatores que faz com que, uma vez adquirida, a obesidade se torne crônica. O indivíduo pode até emagrecer, mas vai ter que se cuidar pelo resto da vida para não engordar de novo. É por isso também que, a longo prazo, os regimes restritivos não resolvem. Com eles, a pessoa emagrece rapidamente. Mas não consegue suportar, por muito tempo, as restrições impostas pelo regime. E volta a engordar. É o chamado "efeito sanfona", o massacrante vai-e-vem do ponteiro da balança.

As dietas restritivas devem ser evitadas. Até porque, exatamente pelo fato de serem desbalanceadas, o organismo se defende espontaneamente delas, fazendo com que, após um período de restrição, a pessoa coma muito mais. O que o indivíduo precisa, isto sim, é buscar uma mudança no estilo de vida, pois os fatores comportamentais desempenham, de longe, o papel mais importante no emagrecimento.

- pesquisa realizada em diversos sites -
Se você ainda não leu, leia o depoimento de Betty Kroeker.

É o incentivo que precisamos para nos amar mais!

Nenhum comentário:

Hotwords

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Seguidores