+ Populares

Aviso


14 maio 2009

Profissionais da saúde não sabem tratar o obeso corretamente

Leia também:



Na minha monografia de conclusão da pós-graduação entrevistei 33 professores de Educação Física, atuantes em academia para saber se eram capazes de identificar o indivíduo obeso e prescrever exercícios para ele. O resultado mostrou que não há coerência por parte dos professores na prescrição de exercícios para essa população.

Um estudo feito por pesquisadores da California Polytechnic State University (Califórnia, EUA) chegou à conclusão semelhante, só que com médicos. Publicada pelo Journal of The American Board of Family Medicine a pesquisa conclui que muitos médicos ainda precisam de orientação sobre os benefícios de uma perda de peso modesta e sobre as diferentes estratégias disponíveis para esse fim. Entre os diversos achados da pesquisa o que me chamou mais a atenção é que os médicos afirmam que suas recomendações são baseadas mais em experiências clínicas do que na literatura médica ou experiência pessoal.

É inconcebível que profissionais que atuem com uma determinada população ignorem o que é apresentado pela literatura científica, é como se tratassem do seu cliente/paciente como cobaias. Por isso é importante manter-se informado sobre o assunto e sempre questionar o profissional que está prestando atendimento. Um profissional ciente do seu dever não se sentirá ofendido em esclarecer seus procedimentos, portanto não há o que temer, pergunte sempre!

Escolhendo o profissional certo

  1. Peça indicação à amigos, parentes e conhecidos.
  2. Pergunte como o profissional se mantém atualizado.
  3. Certifique-se se ele faz parte de alguma associação ou sociedade que agregue estudiosos e outros profissionais que atuem na mesma área, no caso da obesidade se é filiado à ABESO.

Um comentário:

Luh disse...

Amei o blog... muitas noticias interessantes e acima de tudo útil, vou recomendas e estarei sempre por aki... bjoOoOoOo

Hotwords

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Seguidores